domingo, 10 de julho de 2016

Convocação para Assembléia Geral Extraordinária

                                    


Assembleia Geral Extraordinária - Convocação

(Eleição para recomposição para a Diretoria Executiva, Conselheiro Fiscal e outros procedimentos)


     Em cumprimento aos artigos 6º e 7º do Estatuto Social, ficam convocados todos os Associados em condições de voto para reunirem-se em Assembleia Geral Extraordinária no dia 11 de agosto de 2016, quinta-feira, às dezenove horas, em primeira convocação, com a presença de cinquenta por cento mais um dos sócios aptos a votar, ou às dezenove horas e trinta minutos em segunda convocação, com qualquer número de sócios presentes, para cumprirem a seguinte ordem do dia:

      I  -   Mudança do endereço da sede da instituição (art. 1º);
     II  -   Modificar os incisos, explicitando itens importantes e incorporando ao Artigo 2º;
    III  -   Melhorar o texto e ampliar as finalidades da Associação (art. 3º);
    IV  -   No Artigo 10, modificar a estrutura, terminologia e conceito, como também o tempo de mandatos;
    V  - Modificar a atribuição do Diretor-Geral para atuar, secundariamente, na movimentação da conta bancária da ACIRN, também no Artigo 10;
   VI  -  Modificar os artigos 15, 16 e 17; 
   VII  -  No Artigo 18, modificar competência financeira do Diretor Administrativo e relativa ao patrimônio;
  VIII  -  Definição de novas diretorias; 
   IX  -  Eleição para compor os cargos em vacância do Diretor Geral, Vice-Diretor, Secretário e um titular no Conselho Fiscal para o mandato complementar de acordo com o  Art. 11, inciso “1” e Art. 19, inciso “2”, e como o Art. 12 do Estatuto Social, in verbis:
            
          Art. 11 - O mandato do membro da Diretoria Executiva extingue-se:
            1. Pela desistência voluntária.

        Art. 19 – § 2º - Se um dos membros do Conselho Fiscal for destituído por qualquer razão, a Diretoria indicará imediatamente um substituto que também deverá ser aprovado pela Assembleia Geral.

         Art. 12 – O preenchimento de cargo vago na Diretoria Executiva dar-se-á por eleição, a cargo da Assembleia Geral.

     O local da realização da Assembleia Geral Extraordinária será na Av Afonso Pena, nº 1224, salão de restas do Edifício Afonso Pena, tendo como referência: próximo à rotatória situada na esquina da Av Afonso Pena com a Rua Joaquim Fagundes.


Natal/RN, 10 de julho de 2016

Carlos Alberto Milhor
Vice-Diretor

sexta-feira, 10 de julho de 2015

Reunião na STTU

Esta reunião ocorrida em 09 de julho de 2015 teve como objetivo conversar com a área técnica da STTU sobre detalhes das ciclovias que estão sendo projetadas para o Bairro Ribeira entre outras questões.

Solicitamos este encontro após saber que no projeto de alguns trechos de ciclovia estava previsto o alargamento de calçadas para colocar sobre estas, as vias cicláveis ao invés de apenas segregar, sinalizar e recuperar quando necessário a pavimentação das ruas.
Carlos Milhor, José Canuto, Neide e Márcio Soares estiveram presentes e fizeram suas observações.
Abaixo o resumo da reunião muito bem elaborado por Carlos que está prestando um excelente trabalho à causa ciclística.

Texto de Carlos Milhor

"Resumo resumido da reunião de hoje dia 09/07/15 na STTU com a arq. Fátima Arruda.
Ela nos apresentou o traçado do projeto das ciclovias no chamado Circuito Ribeira.
O projeto está entrando na fase de definição do traçado da ciclovia com mais detalhes, partindo dos cruzamentos para depois traçar as ciclovias no restante da área.
Esse circuito compreende:
Contorno
Largo do Teatro – Rua Henrique Castriciano
Rua Almino Afonso
Rua Tavares Lira
Rua Chile
Travessa Aureliano Medeiros
Rua Olavo Bilac
Rua Januário Cirio
Rua São João de Deus
Esplanada Silva Jardim

O projeto está inserido num contexto de intervenção urbana a ser realizado pelo Iphan. Não temos os detalhes deste projeto por isso sugerimos uma visita ao Iphan para esclarecimentos e para que os projetos de intervenção não entrem em conflito com as propostas de ciclovias.

A arq. Fátima Arruda já está desenvolvendo o projeto baseado nas propostas do Iphan, mas achamos que nossa colaboração será boa para ambos os lados, tanto para o Estado quanto para a Prefeitura, pois alguns pontos precisam ser compatibilizados.

Três pontos foram frisados nessa reunião:
1.não utilizar ciclovia no nível da calçada dando preferência para manter a ciclovia no nível da rua, observando apenas que alguns trechos possuem piso de Largos e Praças que vão de um lado a outro da via, nestes casos a ciclovia mantém seu curso sobre o piso proposto. Vamos negociar com o Iphan para que nesses casos somente o trecho da ciclovia seja feito com piso liso, ou seja, diferente do piso do largo ou praça. Desta forma ajudamos a destacar a passagem de ciclistas e utilizamos um piso mais adequado. Lembrando que isso gera uma interferência no projeto do piso, por isso teremos que negociar.
2. a arq. Fátima nos disse que está prevendo a utilização de tachões com “olho de gato” nesses trechos projetados, justificando que as vias são de transito local e a velocidade reduzida. A justificativa também tem relação com a estética do espaço urbano. Para que seja respeitado temos que propor campanhas educativas e orientação aos usuários da via de maneira constante. Propomos que seja utilizado um elemento de separação entre ciclovia e automóveis, no modelo a ser utilizado na UFRN, para vias de tráfego intenso, principalmente em avenidas.
3.Frisamos a necessidade de se utilizar piso liso nas ciclofaixas e/ou ciclovias. Solicitamos também que o termo “bloco intertravado” seja retirado do texto do Plano Cicloviário de Natal e substituído por “piso liso”.
4.Solicitamos ao arq. Walter Pedro que a USAG nos encaminhe o termo de referência do projeto executivo do plano cicloviário. Estamos aguardando. Se não chegar até amanhã, vou ligar novamente cobrando este documento.

A arq. Fátima nos avisou sobre o Seminário Ribeira em Foco que vai acontecer nos dias 16 e 17 deste mês no SESC Cidade Alta.

Esse seminário tratará de assuntos de várias secretarias que estarão apresentando seus projetos para a cidade. A intenção do prefeito é dar andamento à ideia da criação de um grupo chamado Grupo Coopere que deverá trabalhar de forma conjunta, um tipo de coordenação de projetos da prefeitura para as intervenções físicas e de ordenamento da cidade. Espero que isso dê certo, pois há uma necessidade desses órgãos trabalharem em conjunto, pois hoje são desarticulados e as propostas de uma secretaria muitas vezes entra em conflito com as propostas de outra.

Próximas ações:
1.Reunião com superintendente do Iphan, arq. Andreia.
2.Participar deste Seminário Ribeira em Foco.

quinta-feira, 9 de julho de 2015

Reunião com assessoria do Dep. Fed. Fábio Faria



A ACIRN esteve reunida em 08 de julho de 2015 com Marcelo, assessor do Dep. Fed. Fábio Faria em Natal para tratar sobre as obras viárias na BR-101 no trecho compreendido entre o Viaduto de Ponta Negra e Cajupiranga em Parnamirim.

Esta obra está em fase de projetação e estamos tentando em conjunto com o Movimento Bicicletada a inclusão de ciclovias no trecho citado dado a extrema necessidade da via ciclável.

A intenção da reunião é solicitar o apoio do Deputado e sua intervenção política junto ao DNIT na tentativa de incluir a ciclovia no projeto executivo e, claro, executá-la.

Ficou combinado com o Sr Marcelo o envio de um e-mail oficializando nossas solicitações. E-mail este que será repassado ao Deputado e tão logo surja uma oportunidade em sua agenda o mesmo deverá conversar pessoalmente com a ACIRN.

Participaram desta reunião: Canuto, Márcio Leite, Neide, Carlos Milhor e Clebson Melo além do Sr Marcelo, assessor do Deputado.